Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Bem vindo 2017

Domingo, 01.01.17

Olá 2017. Bem vindo.

É favor de me ajudares mais que o teu anterior...

Não peço nada de especial. Apenas quero que me tragas saúde, trabalho remunerado, contas em dia, alguma alegria, alguma paz  e tranquilidade para poder respirar fundo e sentir-me humana e não apenas sobrevivente.

Estou decidida a lutar por mim mesma, não me esquecendo dos outros, em vez de fazer como até agora. Onde me lembro dos outros e esqueço de mim...

Quero encontrar equilíbrio na minha vida, de paz exterior e interior.

Quero poder ser eu, e não apenas aquilo que dá jeito ser...

Quero sentir-me respeitada, mas isso vai ser quase impossível, uma vez que o nosso estado é o primeiro a desrespeitar-nos e á qual não podemos "fugir".

Acho que não peço nada demais...

Mais uma vez bem vindo 2017...

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por istodesermulher às 16:39

Ano novo "vida nova"

Quarta-feira, 14.12.16

Era bom que assim fosse...

Já há quem esteja a estipular os 12 pedidos da o novo ano.

Eu vou pedir:

 

 

  - saúde para poder trabalhar

  - dinheiro para pagar as contas e pôr comida na mesa (ora se não me faltar saúde e tiver trabalho logo este ponto deve estar resolvido)

   - tentar ter "mão" no rumo da minha vida.

 

Se conseguir realizar estes 3 pontos já sou uma vencedora. Porque este 3 valem pelos 12...

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por istodesermulher às 10:36

...na cozinha

Terça-feira, 06.12.16

Nestes entre tantos da vida, actualmente estou a trabalhar como auxiliar de acção educativa.

Comecei em setembro e acreditem ou não, ainda não entrei no ritmo!!!!

Na correria do dia a dia, há uma coisa á qual ainda não tenho prática mas já vi que até dá jeito.

É a ementa semanal.

Confesso que quando estou naquelas semanas sem qualquer tipo de sem imaginação para organizar a dita cuja, isto cá em casa parece o inferno (palavras do marido).

Confesso que tenho dificuldade em fazer a ementa, mas quando a faço, a semana corre muito melhor.

Descobri um blog http://donadecasadesempregada.blogs.sapo.pt/conseguir-organizar-nesta-nova-vida-67447, e dou comigo a pensar "porque raio tu não consegues fazer o mesmo?!?!".

Eu ao pé da dona de casa desempregada sou 1 zero á esquerda...

Mas que coisa a minha...

Mas estou decidida a TENTAR dar a volta á situação.

E para já vou começar em fazer a ementa semanal e tirar 2 horas por semana para limpar a cozinha. Nos outros dias arrumo-a e mantenho-a. Será que vou conseguir?

A ver vamos...

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por istodesermulher às 10:04

A perfeição da imperfeição

Domingo, 04.12.16

Para onde quer que me vir, há uma ideia preconcebida de TEMOS DE SER PERFEITAS.

Temos de ter um corpo perfeito.

Temos de ser donas de casa perfeitas.

Temos de ser mães perfeitas.

Temos de ser esposas perfeitas

Temos de ser profissionais perfeitas.

BOLASSSSS para a perfeição.

Peso quase , a minha casa não é tipo casa modelo, tenho uma organização desorganizada, a minha roupa não está toda passada e arrumada ( a filha da mãe multiplica-se dentro do cesto da roupa suja...). Sim tenho um monte de roupa para passar (não são as pirâmides do Egipto mas porco falta).

Sim tenho dias que não me apetece fazer ponta de corno.

Sim tenho dias que não me apetece fazer comida.

Pergunto é um crime?

Acho que não!

Antes de mais sou humana.

Depois tento organizar a minha vida, sendo a melhor mãe possível, a melhor dona de casa possível, a melhor esposa possível, a melhor profissional possível.

Tento ser hoje melhor que ontem e amanhã vou tentar ser melhor que hoje.

Não sou perfeita.

Acima de tudo sou MULHER

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por istodesermulher às 15:50

Isto ser mulher...

Sexta-feira, 02.12.16

Isto de ser mulher tem muito que se lhe diga.....

Já sentiram alguma vez a discriminação na pele? Pois eu sim!

O que fiz? Passei-me da cabeça, desci de nível e respondi á letra terminando a conversa dizendo á "pessoa" para ir a marte e ficar por lá uma vez que não pertencia a este planeta!

Resultado?

Desci de nível é verdade, mas bolas fiquei tão aliviada....

Mulheres, NUNCA mas mesmo NUNCA se deixem humilhar, espezinhar...

Ninguém mas ninguém tem o direito de descriminar, humilhar, espezinhar, desrespeitar o próximo.

O que têm a perder?

Para mim a dignidade não tem preço.

Prefiro varrer as ruas dignamente a ser manda chuva numa empresa e ser reles.

Prefiro conversar com quem nunca estudou mas sabe respeitar o próximo a falar um grande sacana que vende a mãe ao diabo para vencer na vida.

E tenho dito...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por istodesermulher às 15:26

organizar a vida desorganizada

Quinta-feira, 14.04.16

A desaparecida apareceu.

Depressão nervosa vencida q.b. Ou seja tive alta com a condição de , assim que me sentir ir a baixo pedir logo ajuda.

Neste tempo, muita confusão, muita desorganização, muito choro, muita revolta, muitas dores de cabeça, muitos problemas... Enfim muita coisa que não ajudou a que me levantasse mais depressa.

Neste momento o meu sentimento é de insegurança, e medo de uma recaída.

O casamento abanou, mas felizmente não caiu.

Enfim muita coisa se passou... Fazendo uma avaliação talvez tenham sido mais as coisas menos boas do que as coisas melhores. Mas as melhores foram muito boas.

Está na hora de por organização na minha vida desorganizada.

A minha casa mete medo ao susto.

Não, não estou a exagerar...

Parece incrível como um descontrolo do nosso corpo pode provocar o caos na nossa vida.

Sinto que estou a ter uma segunda oportunidade.

Tenho de a segurar com as duas mãos e agradecer a Deus...

Até breve...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por istodesermulher às 19:16

Ser mulher...

Quinta-feira, 07.08.14

7 de Agosto de 2014

 

Tenho andado desaparecida, é verdade.

 

Há muitas histórias que aconteceram neste tempo, no entanto, perfiro não falar nelas, pois não são muito boas e ando a tentar esquece-las.

 

A única que não dá para esquecer e uma depressão nervosa...

 

Sim é verdade, foi-me diagnosticada uma depressão nervosa e a coisa tem estado um bocadinho complicada.

 

No entanto já ando a tratar-me mas não está fácil... nada fácil...

 

Mas tenho de ter fé, dizem uns, outros dizem para ter força de vontade, outros dizem para acreditar em mim... Enfim as receitas são muitas, principalmente de quem nunca passou por uma situação dessas. Logo não têm experiencia no assunto, só teorias da gaita... Os próprio médicos dizem que cada caso é um caso, logo para que é que pessoas que nunca estiveram nesta situação nem estudaram para serem médicos, se armam em entendidos?

 

Não sei o que os outros sentem, mas em mim provoca ainda mais um sentimento de incapacidade, de frustração, de impotência... Ou seja ainda me deixam mais em baixo.

 

O que eu preciso é de tempo, de paz, descanso... No entanto onde é que se tem paz e descanso quando se tem duas crianças pequenas, contas para pagar, só um ordenado a entrar... Como? Como? COMO? Alguém me diz??????

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Aviso já que hoje estou azeda {#emotions_dlg.mad}{#emotions_dlg.angry}.

 

Porquê? Por causa de mim mesma, da minha cabeça, por causa de tudo e por causa de nada.

 

Tenho 38 anos, 1,75cm, 100kg, um rabo que custa a caber numa cadeira de praia que tenha apoio para braços, umas pernas que parecem um tronco de natal (e não estou a falar do bolo) cobertos por uma grossa casca de laranja bem enrugada. Uma barriga que parece que estou grávida novamente toda flácida, partida e cheia de histerias...

 

Se faço dieta sozinha não dá em nada, se faço dieta acompanhada também não dá em nada. Ou melhor dar até dá, quem emagrece não sou eu, é a carteira. Confesso que mexer-me está complicado. Adoro fazer caminhadas, mas sozinha não me dá pica nenhuma, pelo contrário, fico ainda mais desmotivada.

 

Preciso de roupa mas só de pensar em ir ás compras fico doente. O dinheiro é pouco e depois nada me serve. Ou melhor o que me serve parece roupa feita de sacos de batatas. Roupas que quando as visto sinto-me tudo menos uma mulher... Tenho alturas que só não choro na loja porque tenho vergonha.

 

Sinto-me impotente, frustrada, desiludida...

 

O meu marido está a querer ir á praia, mas só de pensar no assunto fico cheia de vergonha...

 

Se estou a exagerar?

 

Se me conhecessem até eram capazes de dizerem que até estou a ser amiga de mim mesma.

 

Depois vêm aquelas mães todas boazonas com receitas da tanga, só para fingirem que fizeram alguma coisa para recuperar a linha, quando todos sabem que simplesmente não fizeram nada...

 

Porquê? Porque é que uns tem tudo e outros nada?

 

Tenho alturas que penso que raio de exemplo vou ser para a minha filha?

 

Epá hoje é dia de choro... {#emotions_dlg.cry}

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por istodesermulher às 09:32

A moda e a crise

Sexta-feira, 27.06.14

Moda.

 

Mas o que raio é isso da moda?

 

Para mim moda é sentirmo-nos bem com os trapinhos que podemos comprar. Sim porque nem todos podemos andar a comprar o que está na moda.

 

Cá em casa só os pequenos é que estão na moda. Sim são os únicos que vão tendo o guarda roupa renovado. Umas vezes porque lhes dão roupita em 2ª mão, outras vezes porque temos mesmo de comprar uma vez que já vão tendo muito pouca coisa para enfiar.

 

Já a mãe das crianças, ou seja EU, não sei o que é um trapo novo há uns 4 anos!!!

 

E agora que estou em casa vou andar a gastar os escassos euros em trapos para quê?

 

Para estar enfiada dias inteiros em casa na lide doméstica, ou para ir ao parque com os meninos?

 

Nesta altura do campeonato seriam euros desperdiçados.

 

Se lá por estar desempregada não me posso desleixar, isso fica muito bem dizer quando não se anda a contar os cêntimos á milésima.

 

E depois digam-me lá, que vontade tenho eu de me apraltar toda se vou ficar enfiada em casa?

 

Sim porque tenho meses (para não dizer todos) em que ir beber café, é um privilégio de fim de semana.

 

Depois tenho um corpito de onde o que está na moda é praticamente o lençol da cama enfiado cabeça abaixo.

 

Ora se a motivação estava em alerta vermelho há muito tempo, o desemprego veio colocá-la no preto.

 

Então usa-se umas calças de ganga com elástico no cós, que eu ODEIO, mas eram as únicas que serviam no corpo e na carteira e as blusas de grávida, que me ficam mal, mas são as que tenho.

 

Sapatos são uns mocassins. Sandálias? Servem no comprimento mas esqueceram-se de alargar a sola para os lados. Logo vamos para os sapato que tem de durar o verão todo. Ah é verdade depois também tenho uns sexy chinelos de enfiar no dedo. Em casa anda-se a pé limpo para ver se os ditos sapatos duram.

 

Portanto quando vejo aqueles sites/blogs a dizerem para combinar isto com aquilo, sinto-me excluída, humilhada e até mesmo ridicularizada. Resultado apago-os logo.

 

Por isso moda para mim é, neste momento da minha vida, um assunto a deletar do meu vocabulário...

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por istodesermulher às 15:08

Sopa da panela

Quarta-feira, 25.06.14

Sinceramente postar esta receita até parece parvoíce...

 

Mas o meu marido veio com a história que há mais pessoas que não sabem fazer ou se esqueceram de fazer as comidas mais simples, que o facto de as postar poderia fazer que retomassem.

 

Achei exagero dele, para não dizer mesmo uma parvoice. Mas a verdade é que a vou postar e pronto.

 

 

Ingredientes:

 

Frango

Linguiça

Cenoura

Batata

Salsa

Hortelã

Água

Sal

Panela de Pressão para ser mais rápido{#emotions_dlg.blink}

 

 

Preparação:

 

Enfiar tudo na panela, tapar e pôr ao lume.

 

Deixar cozer mais ou menos 30minutos.

 

Está porto a servir com umas sopinhas de pão duro.

 

 

 

Esta é como eu faço, há que faça diferente. Cada um sabe de si....

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por istodesermulher às 09:34

Arroz "função pública"

Terça-feira, 24.06.14

Ora bem, sobrou-me carne e caldo da sopa da panela mas já não dava para 2 quanto mais para 3. Então como o nome diz (atribuído pelo marido) tive de desenrascar e de pouco fazer algum!

 

Como tal...

 

No caldo cozi arroz. Com a carne, desfiei e reservei.

 

Refoguei uma cebola grande com 2 dentes de alho, um fio de azeite e um pouco de salsa. Juntei-lhe a carne desfiada.

 

Depois do arroz estar cozido, misturei tudo muito bem misturado e coloquei numa assadeira. Pincelei com um ovo e foi ao forno a tostar.

 

Acompanhamos com uma salada de tomate e pepino, porque estamos na época deles!!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por istodesermulher às 09:41





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Janeiro 2017

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031